Postagens recentes. Confiram!

sábado, 22 de outubro de 2016

Dicas para rematrícula escolar

Rematrícula 2017


Olá.
Vamos conversar um pouco sobre rematrícula, você que é pai ou mãe, que precisa fazer a rematrícula das crianças na escola, leia este post antes, com essas dicas será mais fácil.
Estamos em outubro, mas muitas escolas já iniciaram a fase de rematrícula, para quem não gosta de deixar as coisas para última hora é um bom momento para executar esta tarefa e garantir o próximo ano letivo dos pequenos.
Na rede particular muitas escolas já começaram a fazer a rematrícula, então preparei algumas dicas para facilitar.
Se você puder fazer a rematrícula com antecedência faça, pois muitas instituições oferecem bons descontos para quem faz isso antecipadamente, caso a escola não ofereça, peça um desconto.
Há escolas que oferecem até 30% de desconto para quem faz a rematrícula nesta época.
As escolas costumam cobrar uma taxa de reserva, que é o valor da rematrícula, isso não tem nada de mais, desde que o valor dessa taxa  seja descontado no total da anuidade.
Em caso de desistência antes do início das aulas, o aluno tem direito à devolução da taxa de reserva, a instituição pode reter apenas uma parte para cobrir despesas administrativas e essa retenção deve ser informada antes.
Leia o contrato com atenção! Essa dica é muito importante, sei que pode parecer óbvia, mas muita gente não lê.
Verifique o que foi modificado, se tem alguma taxa extra, o procedimento em casos de atrasos de mensalidades e etc.
A escola deve divulgar as informações sobre a rematrícula até 45 dias antes do término deste período.
A escola não pode obrigar os pais a comprarem materiais em lojas próprias ou exigir marca, exceto quando se trata de livros didáticos.
A escola é proibida de cobrar por materiais de higiene, escritório ou limpeza.
A anuidade é dividida em mensalidades fixas, portanto estas não devem apresentar reajustes durante o ano.
No caso de alunos inadimplentes, a escola não é obrigada a realizar a rematrícula, porém a maioria delas oferecem oportunidades de negociação, o que pode ser uma das melhores opções.

Coloque tudo na ponta do lápis

Analise com calma todas as despesas que terá, transporte, material, lanche e etc.
Faça uma programação financeira para conseguir cumprir com essas despesas sem aperto.

Matrícula

Agora se o seu filho vai entrar na escola agora, ou vai sair da rede pública para a particular é necessário realizar a matrícula.
Nesse caso pesquise bastante, veja o que cada escola oferece, visite as escolas, observe o espaço físico e conheça a proposta pedagógica.
Não se deixe enganar por promessas, muitas escolas dizem que oferecem inúmeras atividades, como balé, judô, natação entre outras, e na realidade são trabalhadas de forma muito superficial (só para dizer que tem), aí é preciso avaliar se vale mesmo colocar seu filho numa escola mais cara que oferece atividades superficialmente ou colocá-lo numa escola mais simples.
Considere a distância, se será necessário transporte e qual o custo dele.
Analise tudo com calma e racionalidade, não decida nada por impulso, pois esta escolha deve ser muito cuidadosa, afinal se trata da Educação de seus pequenos.

Matrícula na rede pública

Se a criança estiver vindo da rede particular para a rede pública, o período para a realização da matrícula já começou, procure a escola de sua preferência ou a mais próxima da sua casa e se informe sobre o procedimento adequadamente, organize os documentos e leve-os até a escola, então é só efetuar a matrícula.
Para os estudantes que já estão matriculados na rede pública a rematrícula é automática, precisa apenas que um responsável compareça à escola para assinar um documento de rematrícula, atualizar os contatos e levar algum documento que for solicitado.
Eu espero que gostem.
Um grande  beijo e até mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário