Postagens recentes. Confiram!

sábado, 23 de dezembro de 2017

Boas Festas



Olá.
Completamos mais uma etapa, terminamos mais um ano letivo, sofremos algumas frustrações, aprendemos com os erros, tivemos bons resultados em alguns projetos e a chance de aprimorar outros.

Agora é o momento de parar para refletir, fazer um  balanço e verificar aquilo que deu certo e o que precisa ser modificado. É assim em todas as áreas da nossa vida, na Educação não poderia ser diferente, é o momento de fazer aquelas anotações, sobre o que precisa ser modificado.

Não deixe de comemorar e confraternizar com os colegas e amigos, aproveite esse clima de fim de ano para relaxar um pouco e recarregar as baterias.

Para nós professores, logo após as festas de fim de ano vem as férias, momento tão almejado. Então curta todos os momentos e seja muito feliz, afinal você merece!

Nós do Erudio Brasil desejamos a todos os leitores e amigos um final de ano maravilhoso, cheio de boas energias e  que 2018 venha com muita paz e serenidade. Que seja um ano de sucesso e felicidade para todos.

Boas Festas! 

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Matrículas e rematrículas escolares

artigo com dicas sobre matrícula e rematrícula no ensino fundamental.


Olá.

O assunto de hoje é sobre matrículas e rematrículas escolares, quem tem filhos em idade escolar sabe que este período do ano é delicado. É preciso muito planejamento para que as despesas com escola dos filhos não pesem no orçamento e a família possa iniciar o ano com uma folga no bolso.

Já fiz um post aqui no blog falando sobre rematrícula e dando algumas dicas, quem quiser conferir é só clicar aqui. 

Se você tem filhos na escola sabe que as despesas com rematrícula e materiais escolar podem pesar muito no orçamento, por isso é fundamental que se tenha um bom planejamento.

O ideal é que essa despesa seja calculada com antecedência e o dinheiro seja poupado ao longo do ano, para que neste período os gastos não sejam um peso para a família, já que é uma despesa que já sabemos que teremos.

Faça a rematrícula o quanto antes, assim poderá negociar melhor os descontos, leia o contrato com atenção, lembre-se que a instituição não é obrigada a fazer a rematrícula de quem está inadimplente, portanto, se é esse o seu caso procure a secretaria da escola e renegocie as parcelas em atraso.

Uma atitude importante, que nem sempre os pais levam em conta, é analisar se a escola está realmente oferecendo o que promete.

Existem escolas particulares que cobram uma mensalidade muito cara, mas que não oferecem um ensino de qualidade, as vezes mascaram o aprendizado. É preciso que os pais ou responsáveis fiquem atentos durante o decorrer do ano para observar o desenvolvimento do seu filho, como é a vida escolar dele, se está conseguindo acompanhar as atividades escolares, quais dificuldades, o que a escola oferece para ajudar na superação das dificuldades, se a criança consegue realizar em casa as mesmas atividades que são apresentadas em um "lindo portfólio" na reunião de pais e etc.

São muitos detalhes que podem indicar se a mensalidade que você paga está realmente valendo ou não.

Caso seu orçamento esteja muito apertado, por que não pensar em uma escola pública?

Existem boas escolas públicas por aí, talvez o dinheiro que você investe em um colégio muito caro pode ser aplicado em cursos de idiomas ou outras atividades importantes para o desenvolvimento do seu filho. Pense nisso!

Caso não queira abrir mão de uma escola particular, mas a mensalidade está extrapolando seu orçamento, procure uma escola mais barata, existem muitas que são boas, que oferecem menos atividades como balé, judô, natação, mas que tem uma abordagem pedagógica muito eficiente.

Agora se seu filho vai frequentar a escola pela primeira vez, isso significa que será o momento de fazer a matrícula. Neste caso não deixe de observar:

Estrutura física da escola: se tem muitas escadas, tamanho das salas de aula, conservação do prédio, quadras, ginásios, teatros e etc.

Abordagens pedagógicas e métodos de ensino: Quais são os valores da escola, no que ela acredita, quais são os teóricos que embasam o trabalho pedagógico, quais livros e materiais a escola adota.

Observe também como são os funcionários, como é a organização da escola, a secretaria e tudo mais, pergunte sobre as regras e normas da escola e não se acanhe em perguntar sobre a formação dos profissionais que vão lidar com seu filho. Tudo isso pesa na hora de escolher uma escola para seu filho.

A escola que seu filho vai estudar, a estrutura, o método, o tipo de material utilizado, tudo isso é muito importante, mas não mais que a estrutura familiar que você oferece para a criança envolvida, então se lembre que a criança vai sempre absorver os valores e costumes do seu núcleo familiar, por isso não passe a responsabilidade de educar para a escola. Essa instituição vai apenas ajudar neste processo.

Eu espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.  

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Semanário para Educação Infantil


Olá.

O trabalho de elaborar um semanário parece infinito não é? mal acabamos de entregar um, aí os dias passam voando e já está na hora de entregar o da próxima semana.

É por isso que hoje eu trago um modelo para os colegas que estão atuando na Educação Infantil, segmento em que a organização e planejamento faz toda a diferença.

Eu gosto muito deste modelo, pois considero que ele organiza melhor o nosso trabalho em sala de aula e nos permite trabalhar de maneira interdisciplinar, afinal, não dá para separar movimento de música ou fazer um dos dois sem trabalhar a oralidade não é mesmo?

Neste modelo de semanário também inseri um campo para planejarmos o que vamos fazer na entrada e na saída, que é aquele momento onde estamos recebendo as crianças (entrada), no qual precisamos organizar os pertences dos alunos, atender pais, receber outras crianças que estão chegando e etc.

Assim como a entrada a saída também exige alguma atividade que deixem os pequenos entretidos, para que o professor possa observar com quem a criança está saindo, responder alguma pergunta que uma mãe ou outra possa fazer, observar se um aluno não está indo embora com a mochila do outro.

Então segue o modelo de semanário, clique na foto para que a imagem fique ampliada.


Lembrando que este semanário é apenas uma sugestão e que você pode adaptá-lo de acordo com sua turma  e com os materiais que tem disponível.

Espero que gostem.

Abraços e até mais.


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Mostra Cultural


Olá.

Todo ano é a mesma coisa... é só chegar os meses de outubro e novembro que as escolas ficam a todo vapor rumo à Mostra Cultural.

Este tipo de evento se tornou muito popular tanto nas escolas públicas como nas privadas e já está se transformando em uma espécie de "tradição".

A Mostra Cultural consiste em uma exposição dos trabalhos realizados pelos alunos durante o ano.

Geralmente tem como objetivo principal valorizar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos, os quais podem ser apresentados nas mais diversas formas: desenhos, fotografias, teatro, danças, poesia, exposição de trabalhos manuais, palestras entre outros.

Na Mostra Cultural deve ser envolvido todos os conteúdos de maneira interdisciplinar. 

Esse tipo de atividade pode ser o ponto de culminância para algum Projeto da escola, além de incentivar a pesquisa, a criatividade, a autonomia , de socializar experiências e aprendizagens, a Mostra Cultural ainda aumenta a interação entre escola e comunidade, melhorando a relação da família com a escola.

É claro que nem tudo são flores, para que o evento seja um grande sucesso é necessário trabalho duro e muito planejamento, tem algumas dicas de como organizar uma Mostra Cultural neste poste aqui.

É muito importante que seja definido o que será trabalhado no início do ano e que o trabalho seja desenvolvido ao longo das aulas, para que seja significativo.

A participação dos alunos também é de suma importância e fica muito interessante quando os trabalhos expostos tem a cara deles. Então deixe seus alunos produzirem o que for necessário, cartazes, maquetes, painéis e etc.

Você ainda pode e deve pedir ajuda ao pais, para a produção de alguma atividade em família, com materiais ou fotos que necessite, os trabalhos podem ser apresentados de diferentes formas, pastas, portfólios, painéis, cartazes, esculturas e tudo o que a criatividade mandar.

Alguns autores como Bourdieu, Gardner e Paim nos dá subsídio para sustentar que um evento como a Mostra Cultural pode ser de grande relevância para a aprendizagem dos nossos alunos, vale a pena conferir o que eles dizem.

Atividades culturais estimulam o cérebro, melhoram a concentração e a memória, além de desenvolver valores éticos e ensinar nossos pequenos a conviver com as diferenças.

Então, para quem está se preparando para a Mostra Cultural, vamos arregaçar as mangas e fazer deste evento um sucesso.

Espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Dica de leitura


Olá.

No post de hoje trago uma sugestão de leitura, que pode ser realizada tanto com turmas da Educação Infantil como com turmas do Ensino Fundamental.

O livro Minha professora é um Monstro  do autor Peter Brown, da editora Intrínseca, vem com uma edição maravilhosa, em capa dura e com ilustrações encantadoras.

A história aborda um tema muito interessante, que é o relacionamento entre aluno e professor, esse tema é tratado de forma muito delicada e divertida, tenho certeza de que sua turma vai adorar.

A história trata de um aluno e de sua professora monstruosa que grita e maltrata os alunos e no decorrer da história conseguimos nos surpreender.

É um livro que vale muito ser lido para os alunos. Você pode até usar o livro para promover uma discussão sobre o assunto, tanto em sala de aula como em uma reunião de pais, enfim as possibilidades para desenvolver atividades baseadas neste livro.

Eu espero que vocês gostem.
Um abraço e até mais.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Semanário para o Ensino Fundamental


Olá.

Mais um modelo de semanário para vocês. Sei que esse tipo de postagem acaba ficando repetitivo, mas o semanário é uma ferramenta de uso constante e que precisamos elaborar com frequência, sendo assim nunca é demais sugerir um modelo para que vocês possam se inspirar.

Esse semanário foi elaborado para uma turma de 4º ano, como sempre falo, pode ser adaptado de acordo com a necessidade de sua turma.


Eu espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.


quarta-feira, 28 de junho de 2017

Empunhadura do lápis, como ajudar seu aluno

como ajudar seu aluno a segurar o lápis corretamente

Olá.

Neste post vamos falar sobre a maneira que a criança segura o lápis e como ajudar os alunos a segurá-lo corretamente.

Na foto acima tem um exemplo de empunhadura incorreta do lápis. A criança em questão já está em um segmento avançado do Ensino Fundamental e ainda segura o lápis dessa forma, o que lhe acarreta muitas dificuldades.

A empunhadura do lápis é a maneira como a criança segura o objeto para escrever, isso envolve todo um processo de desenvolvimento motor. É claro que cada pessoa tem suas particularidades e nem todos seguram o lápis do mesmo jeito, mas quando a criança segura de forma errada isso acarreta em dificuldades.

A maneira correta, mais comum  de segurar o lápis é fazendo uma pinça com o dedo polegar e o indicador e usando o dedo médio como apoio, conhecido como método tripé, como está ilustrado na foto abaixo.

método tripé



A criança deve começar a desenvolver a coordenação muito antes de escrever, o desenvolvimento parte de uma motricidade grossa para a fina, portanto quando a criança brinca, segura objetos, arremessa, entre outros exercícios já está se preparando para empunhar o lápis corretamente.

Quando a empunhadura do lápis é incorreta pode gerar problemas como lentidão, frouxidão, letra ilegível e até mesmo dores. É por volta dos 5 ou 6 anos que a criança começa a empunhar o lápis adequadamente, e, justamente nesta fase que devemos observar e fazer as intervenções necessárias, pois mais tarde será mais difícil de modificar essa empunhadura.

Para mudar a empunhadura é preciso um trabalho contínuo, muita paciência e tempo, pode levar de dias até mesmo semanas.

Existe alguns adaptadores que pode ajudar o aluno desenvolver a empunhadura correta, são borrachas colocadas no lápis para engrossar o mesmo ou peças de plástico que facilitam a empunhadura. Estes objetos podem ser encontrados em lojas ortopédicas, de materiais pedagógicos ou em papelarias.

Você ainda pode confeccionar adaptadores para os alunos, envolvendo o lápis com EVA.

Atividades para crianças menores de 5 anos

  • rasgar papel
  • amassar papel
  • segurar ou arremessar objetos
  • peças de encaixe (legos)
  • martelar objetos, brinquedos
  • manuseio de massa de modelar 
  • manuseio de argila


Atividades para crianças maiores que pegam de maneira incorreta no lápis

  • utilização de lápis curto
  • utilizar lápis triangular e jumbo
  • pinçar o lápis com o polegar e o indicador, depois virar para a direção do corpo
  • segurar uma bolinha com os dedos mínimo, anelar e médio enquanto pinça o lápis e escreve
  • utilizar um prendedor de roupa para ajudar na postura correta da mão.


Muitas vezes pais e até mesmo alguns professores dão pouca importância para a empunhadura da criança, mas esse é um detalhe importante que pode influenciar diretamente no aprendizado.

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.

terça-feira, 27 de junho de 2017

Alfabeto com caixa de pizza.

atividade de alfabetização

Olá.

A dica de hoje é especialmente para quem trabalha com alfabetização. Todos nós sabemos que nesta fase precisamos trabalhar com o alfabeto de diversas maneiras para que os pequenos reconheçam e identifique as letras, então venho sugerir trabalhar o alfabeto utilizando caixas de pizza.

É uma maneira de diversificar atividades com o alfabeto, fica com uma ilustração grande e de fácil visualização e as crianças se envolvem e acabam se interessando por ser uma atividade diferente, (o simples fato de usarmos um material diferente já é um fator para chamar atenção dos alunos).

Você pode solicitar o material dos pais, vá guardando até adquirir a quantidade necessária, uma tampa para cada letra do alfabeto, ou seja, você vai precisar de 26 tampas de caixa de pizza.

Imprima as letras do alfabeto, na foto estamos utilizando a letra bastão e a cursiva, você pode imprimir de acordo com o que estiver trabalhando com sua turma.

Depois cole nas tampas e prepare algumas imagens de figuras cujo nome comece com as letras do alfabeto, por exemplo, sapo, panela e etc.

Caso prefira pode imprimir os nomes dos colegas e trabalhar com nome próprio ao invés das figuras.

Depois faça uma roda de conversa com as crianças e fale sobre a importância das letras para a escrita e na vida das pessoas, depois exponha as tampas com o alfabeto, se preferir você pode colar o alfabeto junto com as crianças.

Mostre para os alunos, peça para que eles identifiquem algumas letras e deixe que explorem o material.

Depois ofereça as figuras e peça para que eles encontrem a letra inicial de cada figura.

Deixe as tampas com o alfabeto exposto, juntamente com as produções dos alunos.

Este tipo de atividade é enriquecedor e ajuda muito no processo de alfabetização das crianças.

Eu espero que goste.

Um grande beijo e até mais.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Pintura com rolinho de papel higiênico e elástico

Olá.

Hoje trago uma sugestão de atividade para quem trabalha com Educação Infantil. É uma pintura com rolinho de papel higiênico e elástico.

Este tipo de atividade serve tanto para trabalhar a coordenação motora, a noção espacial, já que a criança vai ter que desenvolver o trabalho nos limites do papel, identificação de cores, entre outras habilidades, como para diversificar a forma de estimular estas habilidades tão importante. 

atividade para Educação Infantil

Para realizar esta atividade você vai precisar apenas dos materiais que estão na imagem acima, rolo de papel higiênico, folha de sulfite, tinta guache e um elástico.

Enrole o elástico no rolo de papel, as próprias crianças podem fazer isso, já é um bom exercício para a coordenação, tônus muscular e até mesmo raciocínio lógico, pois eles terão que pensar em como fazer.

Depois disponibilize a tinta e peça para que as crianças usem o rolo com elástico como carimbo e formem desenhos na folha.

Fica lindo! e não deixa de ser uma ótima forma de trabalhar os requisitos necessários com nossos alunos de maneira diferente, afinal, quem trabalha com Educação Infantil sabe como é preciso aplicar o mesmo tipo de atividade de maneiras diferentes.

pintura com rolinho de papel higiênico e elástico

Depois de pronto fica  mais ou menos assim, algumas crianças lambuzam mais outras menos, mas todas as atividades ficam lindas. Dá para colocar uma moldura e expor.

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.


segunda-feira, 19 de junho de 2017

Atividades de divisão e multiplicação

Olá.

Hoje vim fazer uma postagem bem rápida, só para deixar uma sugestão de atividade com exercícios de divisão e multiplicação.

Quem trabalha com o Ensino Fundamental, sabe que precisamos repetir os conteúdos várias vezes e praticar muito para que o processo de ensino e aprendizagem seja bem sucedido.

Aulas lúdicas com jogos e brincadeiras são super importantes para tornar o aprendizado mais significativo, porém não podemos descartar atividades que exercitem o aluno e o ajudem na memorização e fixação dos conteúdos, até mesmo para que as crianças se acostumem com estes modelos de exercícios, já que são os que geralmente usamos nas avaliações.

Hoje trago como sugestão algumas operações de multiplicação, divisão e situações problemas bem fáceis, estas atividades foram preparadas para alunos do 4º ano, mas você pode adaptar e aplicar para alunos de outros níveis.

atividade de multiplicação para 4º ano



atividades de divisão para 4º ano

situação problema com as 4 operaçãoes

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Confecção de fantoches

Olá.

O ato de contar histórias é fundamental na escola, já vimos que este tipo de atividade pode desenvolver muitas habilidades nos alunos e deve ser praticando desde a Educação Infantil, sem ser abandonado no Ensino Fundamental.

Como é uma atividade rotineira precisamos diversificar, um dia simplesmente contar, no outro usar alguns acessórios, usar desenhos, ilustrações, efeitos sonoros e etc.

Entre tantas formas de contar história uma delas é o teatro de fantoches, que não necessita de material muito elaborado para encantar os alunos.

Um cenário bonito que pode ser feito com caixa de papelão e alguns bonecos já são o suficiente para uma aula muito interessante.

Hoje trago como sugestão bonecos feitos com papel ou EVA, que podem ser colados em palitos.

fantoches do sítio do pica pau amarelo

Estes bonecos da foto acima são lindos e simples de fazer.
Confeccionados em EVA e colados em palito de churrasco tem durabilidade e dá para contar muitas histórias.

A turminha do sítio pode contar outras histórias!

Para reproduzir fantoches de fotos eu costumo seguir alguns passos.

1. Pesquiso a foto do que quero fazer (neste caso a foto já está aqui)
2. Desenho ou imprimo a foto, para bonecos simples como este dá para desenhar com facilidade (e olha que eu tenho dificuldades para realizar trabalhos artísticos hein!)
3. Recorte os moldes, o cabelo, a roupa e etc.
4. Depois é só passar o molde para o EVA ou papel de sua preferência, recortar e montar o boneco.

Abaixo tem o molde da Narizinho e da Emília, que eu tirei.

molde de fantoche da emília e da narizinho

Como vocês podem observar são desenhos simples e não são difícil de fazer. Depois de tudo pronto tenho certeza que ficará lindo e seu teatro será um sucesso!

Espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.


quinta-feira, 15 de junho de 2017

Painel para trabalhar ortografia

painel para trabalhar ortografia

Olá.

A sugestão de hoje é para quem trabalha com o  Ensino Fundamental, que está trabalhando ortografia.

Uma ótima atividade é construir um painel de palavras escritas com alguma regra ortográfica.

Este da foto acima foi realizado com palavras escritas com M/N, para fixar a regrinha que antes de P/B usamos M e N antes das outras letras.

Essa atividade foi realizada com uma turma de 3º ano, mas como sempre digo, você pode adaptar de acordo com as necessidades de sua turma e aumentar ou diminuir o nível de dificuldade.

Primeiro falamos para a turma sobre a regra e trabalhamos alguns exercícios, depois fazemos a leitura de um livro, para esta atividade sugiro "O Menino que queria ser árvore", mas você pode utilizar um livro de sua escolha.

Livro o menino que queria ser árvore

A história desse livro é linda, faça a leitura junto com os alunos, depois separem palavras da história que sejam escritas com M ou N, então proponha que as crianças escrevam estas palavras em plaquinhas, que podem ser feitas com cartolina mesmo e fixem em um mural, pode ser feito com TNT, papel kraft ou como preferir. Coloque junto com as palavras a regra de ortografia para que os alunos consultem quando necessário.

Esse tipo de atividade torna a aula mais significativa e ajuda os alunos a fixarem melhor os conteúdos.

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.


quarta-feira, 14 de junho de 2017

Teatro de fantoche com caixas de papel


caixa de papelão como cenário para teatro de fantoche e contação de história

Olá.

Assim como ler para as crianças, contar história é uma atividade fundamental, que ajuda a desenvolver a oralidade, o gosto pela leitura, a atenção, a concentração, a atitude de esperar e de ouvir o outro, além de desenvolver também a capacidade de interpretar e compreender textos, já que as crianças precisam compreender a história.

Há diversas maneira de contar uma história, sem a utilização de materiais ou com materiais mais elaborados.

Hoje venho sugerir para vocês um cenário para teatros de fantoches feito com caixa de papelão.

Essa é uma ótima ideia, pois é confeccionada com materiais que sempre temos disponíveis, é fácil de fazer e fica linda.

Você pode guardar para utilizar posteriormente, nela você pode contar histórias com a utilização de bonecos tradicionais, confeccionados com meia, de papel colado em palitos e o que mais sua imaginação mandar.

Assim você vai criando um acervo e terá material para muitas histórias. As próprias crianças podem contar histórias para os colegas. 

cenário para teatro de fantoche

No modelo da foto, foi utilizada uma caixa de papelão de tamanho médio, ela foi encapada e recortamos o fundo, depois é só colar as cortinas que pode ser de TNT ou outro tecido que tiver disponível, acrescentar uma decoração e está pronto, um lindo cenário para encantar os alunos com histórias diversas.

cenário para teatro de fantoche educação infantil

Nesta ideia foi utilizado um pedaço de papel microondulado fitas e TNT. 

É só usar a imaginação e criar lindos bonecos para contar histórias. O bom é que esse tipo de material pode ficar guardado e ser utilizado em outras aulas e com outras turmas.

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Sugestão de livro para leitura na Educação Infantil

sugestão de livro par leitura na educação infnatil

Olá.

A leitura tem o poder de fazer a gente viajar, nos levar para outros lugares e ampliar nossa visão de mundo e conhecimento.

Por isso é tão importante a leitura feita pelo professor para os alunos, esse é o primeiro passo para que o aluno se torne um leitor competente.

Hoje trago como sugestão de leitura o livro, "Sopa 100% bruxesca" que é uma graça! As crianças amam ouvir esta história.

Você pode contar tanto na Educação Infantil como para o Ensino Fundamental, pois os alunos de 1º e 2º ano também gostam desse tipo de leitura.

O livro é da Companhia das Letrinhas.
Autor: Quitterie Simon
Ilustrações: Magali Le Huche

Valor médio: R$37,00

O livro conta a história de uma simpática bruxinha que está com muita fome, 

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Painel de combinados

modelo de painel para combinados - Educação Infantil

Olá.
O que é combinado não sai caro!  Esta é uma frase muito usada e que cai bem com o assunto de hoje, vamos falar sobre os “combinados” quem atua em sala de aula sabe que em muitos momentos isso salva nossas aulas.

Sabemos que estabelecer uma rotina é muito importante na gestão de sala de aula, junto com essa rotina vem as regras de convivência, já que os pequenos terão que conviver em grupo.

Os "Combinados" são um conjunto de regras estabelecidas que serve para facilitar a convivência em grupo e deixar as aulas mais harmoniosas, já que teremos menos conflitos.

Para que sejam eficientes é necessário reservar um tempo da sua aula para estabelecer tais combinados com a turma, faça uma roda de conversa e deixem que os próprios alunos sugiram combinados. Dê exemplos de situações desagradáveis e pergunte se eles gostariam se isso acontecesse com eles, então mostre que não é legal fazer com o colega aquilo que não queremos para nós.

Você verá que os combinados vão surgindo aos poucos e de acordo com a necessidade da turma vá sugerindo outros.

Se for uma turma que as crianças se agridem fisicamente, por exemplo, combine que não pode bater no colega, se forem muito desatentos, combine que deverão prestar atenção.

Você pode colocar alguns combinados inicialmente, apenas aqueles que tem mais necessidade, então quando as crianças já estiverem cumprindo vá acrescentando novos combinados de acordo com a necessidade.

O painel de combinados da foto acima é uma excelente opção para expor os combinados feitos com a turma, pois é de um material acessível, fácil de confeccionar e permite colocar e retirar combinados facilmente.

Usamos apenas TNT, cola, EVA com gliter e alguns prendedores de roupa.

Você pode fazer plaquinhas com os combinados e colocá-las no painel todos os dias, logo no início da aula, assim relembra os combinados com os alunos.

Para os pequenos é preciso colocar um desenho que represente o combinado, assim eles vão fixar melhor.

Sempre trabalho com combinados e dá muito certo, não importa a faixa etária, utilizar alguns minutos da aula para relembrar as regras estabelecidas pelo grupo é um ganho e tanto.

Mas para funcionar é preciso ter paciência e fazer os combinados todos os dias. 

Segue outro modelo de painel fácil de fazer e que pode servir para colocar os combinados.
modelo de painel para combinados educação infantil

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.


segunda-feira, 5 de junho de 2017

Atividades para 2º ano com tema de Festa Junina



Olá.

Continuando no clima de Festa Junina, hoje vou sugerir mais uma atividade com o tema.

Esta atividade foi preparada para uma turma de 2º ano, mas como sempre falo aqui, você pode adaptar e aplicar a atividade de acordo com as necessidades de seus alunos.

Para quem trabalha com alfabetização de jovens e adultos também pode utilizar este tipo de atividade, ok?

Bem, hoje vamos explorar texto de músicas típicas, que já são conhecidos dos alunos. Esse tipo de texto é interessante porque eles já conhecem de memória, isso motiva e facilita a execução das atividades.

Você pode imprimir o texto, escrevê-lo em um cartaz ou simplesmente passar na lousa.

Vamos trabalhar com as seguintes músicas:

atividades com músicas de festa junina
Depois de cantar e escrever a letra da música você poderá realizar as seguintes atividades:

Divisão silábica
Encontrar e circular palavras no texto
Ilustração do texto
Ditado

Exemplos:

1- Separe as sílabas

Fogueira
pula
cuidado
coração
morena 

Na divisão silábica podemos colocar um quadradinho ou uma lacuna para cada sílaba, para facilitar a execução do exercício pela criança, caso a mesma necessite.

Para circular as palavras você pode ditar as palavras que as crianças deverão encontrar.

Existem diversas maneiras de trabalhar com um mesmo tema, principalmente quando é tão rico como este.

Espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.


quinta-feira, 1 de junho de 2017

Atividades para Festa Junina

Olá.

Chegou o mês de junho e a maior parte das escolas trabalham o tema "Festa Junina", que é uma festa típica muito tradicional aqui no Brasil.

Hoje vou sugerir algumas atividades impressas, dessas que a gente pode pesquisar na internet, mas que apesar de simples são muito significativas e ajudam muito no processo de aprendizado dos nossos pequenos.

É uma festa muito típica e a maioria dos pais levam as crianças em festinhas de bairro, quermesses realizadas por instituições religiosas entre outras. As próprias festas promovidas pelas escolas costumam ser bem frequentadas pela comunidade.

Sendo assim, é um tema importante para trabalhar em sala de aula, que é significativo para os alunos e faz parte da realidade deles, portanto além das atividades que sempre oferecemos, como pintar desenhos, fazer cruzadinhas, poemas e outras, não deixe de fazer uma boa roda de conversa e debater sobre o tema, levantar os conhecimentos prévios dos alunos e verificar o que eles já sabem e o que gostariam de aprender.

Para quem trabalha com os maiores dá para solicitar pesquisas sobre a origem da Festa Junina, costumes, receitas, danças e diferenças entre as regiões.

Vou deixar algumas atividades, que pode imprimir e aplicar individualmente, mas não se esqueça que essas mesmas atividades também podem ser trabalhadas em grupos, imprimir em tamanhos maiores ou fazer a atividade proposta em uma cartolina.






















texto fatiado - alfabetização







Espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.