Postagens recentes. Confiram!

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Matrículas e rematrículas escolares

artigo com dicas sobre matrícula e rematrícula no ensino fundamental.


Olá.

O assunto de hoje é sobre matrículas e rematrículas escolares, quem tem filhos em idade escolar sabe que este período do ano é delicado. É preciso muito planejamento para que as despesas com escola dos filhos não pesem no orçamento e a família possa iniciar o ano com uma folga no bolso.

Já fiz um post aqui no blog falando sobre rematrícula e dando algumas dicas, quem quiser conferir é só clicar aqui. 

Se você tem filhos na escola sabe que as despesas com rematrícula e materiais escolar podem pesar muito no orçamento, por isso é fundamental que se tenha um bom planejamento.

O ideal é que essa despesa seja calculada com antecedência e o dinheiro seja poupado ao longo do ano, para que neste período os gastos não sejam um peso para a família, já que é uma despesa que já sabemos que teremos.

Faça a rematrícula o quanto antes, assim poderá negociar melhor os descontos, leia o contrato com atenção, lembre-se que a instituição não é obrigada a fazer a rematrícula de quem está inadimplente, portanto, se é esse o seu caso procure a secretaria da escola e renegocie as parcelas em atraso.

Uma atitude importante, que nem sempre os pais levam em conta, é analisar se a escola está realmente oferecendo o que promete.

Existem escolas particulares que cobram uma mensalidade muito cara, mas que não oferecem um ensino de qualidade, as vezes mascaram o aprendizado. É preciso que os pais ou responsáveis fiquem atentos durante o decorrer do ano para observar o desenvolvimento do seu filho, como é a vida escolar dele, se está conseguindo acompanhar as atividades escolares, quais dificuldades, o que a escola oferece para ajudar na superação das dificuldades, se a criança consegue realizar em casa as mesmas atividades que são apresentadas em um "lindo portfólio" na reunião de pais e etc.

São muitos detalhes que podem indicar se a mensalidade que você paga está realmente valendo ou não.

Caso seu orçamento esteja muito apertado, por que não pensar em uma escola pública?

Existem boas escolas públicas por aí, talvez o dinheiro que você investe em um colégio muito caro pode ser aplicado em cursos de idiomas ou outras atividades importantes para o desenvolvimento do seu filho. Pense nisso!

Caso não queira abrir mão de uma escola particular, mas a mensalidade está extrapolando seu orçamento, procure uma escola mais barata, existem muitas que são boas, que oferecem menos atividades como balé, judô, natação, mas que tem uma abordagem pedagógica muito eficiente.

Agora se seu filho vai frequentar a escola pela primeira vez, isso significa que será o momento de fazer a matrícula. Neste caso não deixe de observar:

Estrutura física da escola: se tem muitas escadas, tamanho das salas de aula, conservação do prédio, quadras, ginásios, teatros e etc.

Abordagens pedagógicas e métodos de ensino: Quais são os valores da escola, no que ela acredita, quais são os teóricos que embasam o trabalho pedagógico, quais livros e materiais a escola adota.

Observe também como são os funcionários, como é a organização da escola, a secretaria e tudo mais, pergunte sobre as regras e normas da escola e não se acanhe em perguntar sobre a formação dos profissionais que vão lidar com seu filho. Tudo isso pesa na hora de escolher uma escola para seu filho.

A escola que seu filho vai estudar, a estrutura, o método, o tipo de material utilizado, tudo isso é muito importante, mas não mais que a estrutura familiar que você oferece para a criança envolvida, então se lembre que a criança vai sempre absorver os valores e costumes do seu núcleo familiar, por isso não passe a responsabilidade de educar para a escola. Essa instituição vai apenas ajudar neste processo.

Eu espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário