Postagens recentes. Confiram!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Semanário para Educação Infantil


Olá.

O trabalho de elaborar um semanário parece infinito não é? mal acabamos de entregar um, aí os dias passam voando e já está na hora de entregar o da próxima semana.

É por isso que hoje eu trago um modelo para os colegas que estão atuando na Educação Infantil, segmento em que a organização e planejamento faz toda a diferença.

Eu gosto muito deste modelo, pois considero que ele organiza melhor o nosso trabalho em sala de aula e nos permite trabalhar de maneira interdisciplinar, afinal, não dá para separar movimento de música ou fazer um dos dois sem trabalhar a oralidade não é mesmo?

Neste modelo de semanário também inseri um campo para planejarmos o que vamos fazer na entrada e na saída, que é aquele momento onde estamos recebendo as crianças (entrada), no qual precisamos organizar os pertences dos alunos, atender pais, receber outras crianças que estão chegando e etc.

Assim como a entrada a saída também exige alguma atividade que deixem os pequenos entretidos, para que o professor possa observar com quem a criança está saindo, responder alguma pergunta que uma mãe ou outra possa fazer, observar se um aluno não está indo embora com a mochila do outro.

Então segue o modelo de semanário, clique na foto para que a imagem fique ampliada.


Lembrando que este semanário é apenas uma sugestão e que você pode adaptá-lo de acordo com sua turma  e com os materiais que tem disponível.

Espero que gostem.

Abraços e até mais.


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Mostra Cultural


Olá.

Todo ano é a mesma coisa... é só chegar os meses de outubro e novembro que as escolas ficam a todo vapor rumo à Mostra Cultural.

Este tipo de evento se tornou muito popular tanto nas escolas públicas como nas privadas e já está se transformando em uma espécie de "tradição".

A Mostra Cultural consiste em uma exposição dos trabalhos realizados pelos alunos durante o ano.

Geralmente tem como objetivo principal valorizar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos, os quais podem ser apresentados nas mais diversas formas: desenhos, fotografias, teatro, danças, poesia, exposição de trabalhos manuais, palestras entre outros.

Na Mostra Cultural deve ser envolvido todos os conteúdos de maneira interdisciplinar. 

Esse tipo de atividade pode ser o ponto de culminância para algum Projeto da escola, além de incentivar a pesquisa, a criatividade, a autonomia , de socializar experiências e aprendizagens, a Mostra Cultural ainda aumenta a interação entre escola e comunidade, melhorando a relação da família com a escola.

É claro que nem tudo são flores, para que o evento seja um grande sucesso é necessário trabalho duro e muito planejamento, tem algumas dicas de como organizar uma Mostra Cultural neste poste aqui.

É muito importante que seja definido o que será trabalhado no início do ano e que o trabalho seja desenvolvido ao longo das aulas, para que seja significativo.

A participação dos alunos também é de suma importância e fica muito interessante quando os trabalhos expostos tem a cara deles. Então deixe seus alunos produzirem o que for necessário, cartazes, maquetes, painéis e etc.

Você ainda pode e deve pedir ajuda ao pais, para a produção de alguma atividade em família, com materiais ou fotos que necessite, os trabalhos podem ser apresentados de diferentes formas, pastas, portfólios, painéis, cartazes, esculturas e tudo o que a criatividade mandar.

Alguns autores como Bourdieu, Gardner e Paim nos dá subsídio para sustentar que um evento como a Mostra Cultural pode ser de grande relevância para a aprendizagem dos nossos alunos, vale a pena conferir o que eles dizem.

Atividades culturais estimulam o cérebro, melhoram a concentração e a memória, além de desenvolver valores éticos e ensinar nossos pequenos a conviver com as diferenças.

Então, para quem está se preparando para a Mostra Cultural, vamos arregaçar as mangas e fazer deste evento um sucesso.

Espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Dica de leitura


Olá.

No post de hoje trago uma sugestão de leitura, que pode ser realizada tanto com turmas da Educação Infantil como com turmas do Ensino Fundamental.

O livro Minha professora é um Monstro  do autor Peter Brown, da editora Intrínseca, vem com uma edição maravilhosa, em capa dura e com ilustrações encantadoras.

A história aborda um tema muito interessante, que é o relacionamento entre aluno e professor, esse tema é tratado de forma muito delicada e divertida, tenho certeza de que sua turma vai adorar.

A história trata de um aluno e de sua professora monstruosa que grita e maltrata os alunos e no decorrer da história conseguimos nos surpreender.

É um livro que vale muito ser lido para os alunos. Você pode até usar o livro para promover uma discussão sobre o assunto, tanto em sala de aula como em uma reunião de pais, enfim as possibilidades para desenvolver atividades baseadas neste livro.

Eu espero que vocês gostem.
Um abraço e até mais.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Semanário para o Ensino Fundamental


Olá.

Mais um modelo de semanário para vocês. Sei que esse tipo de postagem acaba ficando repetitivo, mas o semanário é uma ferramenta de uso constante e que precisamos elaborar com frequência, sendo assim nunca é demais sugerir um modelo para que vocês possam se inspirar.

Esse semanário foi elaborado para uma turma de 4º ano, como sempre falo, pode ser adaptado de acordo com a necessidade de sua turma.


Eu espero que gostem.
Um grande abraço e até mais.


quarta-feira, 28 de junho de 2017

Empunhadura do lápis, como ajudar seu aluno

como ajudar seu aluno a segurar o lápis corretamente

Olá.

Neste post vamos falar sobre a maneira que a criança segura o lápis e como ajudar os alunos a segurá-lo corretamente.

Na foto acima tem um exemplo de empunhadura incorreta do lápis. A criança em questão já está em um segmento avançado do Ensino Fundamental e ainda segura o lápis dessa forma, o que lhe acarreta muitas dificuldades.

A empunhadura do lápis é a maneira como a criança segura o objeto para escrever, isso envolve todo um processo de desenvolvimento motor. É claro que cada pessoa tem suas particularidades e nem todos seguram o lápis do mesmo jeito, mas quando a criança segura de forma errada isso acarreta em dificuldades.

A maneira correta, mais comum  de segurar o lápis é fazendo uma pinça com o dedo polegar e o indicador e usando o dedo médio como apoio, conhecido como método tripé, como está ilustrado na foto abaixo.

método tripé



A criança deve começar a desenvolver a coordenação muito antes de escrever, o desenvolvimento parte de uma motricidade grossa para a fina, portanto quando a criança brinca, segura objetos, arremessa, entre outros exercícios já está se preparando para empunhar o lápis corretamente.

Quando a empunhadura do lápis é incorreta pode gerar problemas como lentidão, frouxidão, letra ilegível e até mesmo dores. É por volta dos 5 ou 6 anos que a criança começa a empunhar o lápis adequadamente, e, justamente nesta fase que devemos observar e fazer as intervenções necessárias, pois mais tarde será mais difícil de modificar essa empunhadura.

Para mudar a empunhadura é preciso um trabalho contínuo, muita paciência e tempo, pode levar de dias até mesmo semanas.

Existe alguns adaptadores que pode ajudar o aluno desenvolver a empunhadura correta, são borrachas colocadas no lápis para engrossar o mesmo ou peças de plástico que facilitam a empunhadura. Estes objetos podem ser encontrados em lojas ortopédicas, de materiais pedagógicos ou em papelarias.

Você ainda pode confeccionar adaptadores para os alunos, envolvendo o lápis com EVA.

Atividades para crianças menores de 5 anos

  • rasgar papel
  • amassar papel
  • segurar ou arremessar objetos
  • peças de encaixe (legos)
  • martelar objetos, brinquedos
  • manuseio de massa de modelar 
  • manuseio de argila


Atividades para crianças maiores que pegam de maneira incorreta no lápis

  • utilização de lápis curto
  • utilizar lápis triangular e jumbo
  • pinçar o lápis com o polegar e o indicador, depois virar para a direção do corpo
  • segurar uma bolinha com os dedos mínimo, anelar e médio enquanto pinça o lápis e escreve
  • utilizar um prendedor de roupa para ajudar na postura correta da mão.


Muitas vezes pais e até mesmo alguns professores dão pouca importância para a empunhadura da criança, mas esse é um detalhe importante que pode influenciar diretamente no aprendizado.

Eu espero que gostem.

Um grande beijo e até mais.