Postagens recentes. Confiram!

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Coleção Itaú Criança

Olá.
Hoje vim dar uma dica rápida. Já está disponível a Coleção de livros do Itaú.
Se você ainda não pediu a sua ainda dá tempo, é só acessar o site e fazer um cadastro.
Para pedir os livros clique aqui
155x150_dorme1
155x150_tatu1

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Conselho de Classe


Conselho escolar
Olá.
O post de hoje trata do conselho de classe, afinal já estamos no final do bimestre e a grande maioria das escolas efetuam esta tarefa. Vamos falar um pouco sobre o que é o conselho de classe, quais são suas finalidades e de que formas podemos realizá-lo.
O conselho de classe é uma ferramenta avaliativa, este momento serve para que professores e equipe escolar possam avaliar e refletir sobre o desempenho dos alunos. O conselho ainda pode servir para avaliar também o docente e o trabalho realizado pela escola como um todo.
Devemos nos atentar para que este momento não se restrinja apenas em "fechar as notas",  devemos transformar este encontro em oportunidade de discussão e apontamentos de soluções.
No conselho de classe é onde os profissionais se reúnem para levantar aspectos importantes do trabalho realizado durante o bimestre, para falar sobre o desempenho dos alunos, as estratégias utilizadas em sala, o que deu certo e o que pode ser modificado.
Geralmente acaba se transformando em mais um encontro burocrático, onde professores relatam suas angústias em relação a indisciplina de alunos. Mas é muito mais que isso. Se você é coordenador ou diretor, não deixe que uma ferramenta avaliativa tão rica seja banalizada desta forma.
Utilize estratégias para que o conselho se torne útil, ajudando os docentes a enxergarem problemas e soluções que estejam ocorrendo na unidade escolar, assim poderá ser traçadas novas estratégias para o próximo bimestre e garantir o sucesso do aprendizado.
charge notas
Tipos de conselho
Existem diversas formas de se realizar um conselho de classe, uma delas é o conselho participativo, onde alunos e pais participam juntamente com professores e discutem os problemas apresentados.  Este tipo de conselho é típico de uma gestão democrática, onde as decisões são tomadas em conjunto e a participação da comunidade escolar é mais frequente.
Considero um dos melhores tipos de conselho, no início pode ser mais trabalhoso, porém os resultados valem a pena. Conforme a comunidade e os alunos começam a participar vão tomando consciência da importância da escola e sente-se parte do que acontece na  mesma, colaborando para o bom andamento das atividades escolares.
Pré- conselho
É uma prévia do conselho, geralmente um questionário que o professor preenche, relatando pontos importantes de sua turma, desempenho, comportamento, estratégias utilizadas entre outros. Assim a coordenação pedagógica da escola pode se preparar para os assuntos que serão levantados durante o conselho, mediando e tornando mais fácil a busca por soluções.
Conselho tradicional
Este é o realizado por muitas escolas, os professores se reúnem para falar das notas e indisciplina dos alunos e ali decidem quem deve ser aprovado ou retido. Essa forma de conselho costuma ser rápida e pouco trabalhosa, porém não avalia os alunos e nem o trabalho docente, o que consequentemente não agrega para o desenvolvimento do trabalho pedagógico da unidade escolar.
Eu espero que  vocês gostem. Até mais.

domingo, 20 de setembro de 2015

Noção de quantidade para Educação Infantil

Olá .
Hoje vamos falar sobre noção de quantidade, como trabalhar esta questão com crianças do maternal (3 anos), como fazer os pequenos compreender e adquirir a noção de quantidade e daremos algumas sugestões de atividades e inspirações para você trabalhar com a sua turma.
noção de quantidade

Para trabalhar a noção de quantidade com crianças nesta faixa etária é necessário muita ludicidade, diversificação das atividades e persistência, pois é um trabalho paulatino, que deve ser retomado constantemente para se obter sucesso.
A primeira e principal dica é: utilize este conceito no cotidiano, mostre para os alunos que a matemática faz parte da nossa vida. Faça a contagem diária dos alunos, peça para que os mesmos participem, para isso eleja o ajudante do dia.
Não se restrinja a contar apenas os alunos, conte objetos, brinquedos, materiais. Na hora de organizar a sala depois de uma brincadeira conte os brinquedos que estão sendo guardados, antes de uma atividade conte os materiais que serão utilizados junto com as crianças. Assim fica tudo mais significativo e com a participação deles o conteúdo é internalizado com mais facilidade.
Você pode desenhar os números em cartazes e pedir para que os pequenos façam colagem e representar a quantidade com desenhos ou objetos. Poderá até fazer um livro dos números, onde será representado números de 1 a 10. Como na imagem a seguir.
noção de quantidade 1
Esconder objetos na piscina de bolinhas ou bolinhas de determinada cor e pedir para as crianças encontrarem também é uma boa forma de trabalhar noção de quantidade.  Peça para que eles procurem por um número determinado de objetos, depois conte junto com eles e questione, quem encontrou mais? quem encontrou menos? e etc.
noção de quantidade 3

Você ainda pode trabalhar com músicas, são muitas canções que trabalham quantidade: "a galinha do vizinho" , "Elefante ",  "indiozinho" entre outras.
Você pode fazer um cartaz para representar a música e as quantidades trabalhadas e também atividades individualizadas.
E que tal aproveitar que a primavera está chegando e confeccionar um lindo jardim com os alunos, façam dobraduras de flores e  coloque em vasos, depois faça um levantamento de quantos tipos de flores há no jardim, as crianças vão adorar.
Vou ficando por aqui. Espero que gostem e até mais.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Atividades de leitura para Educação Infantil

Olá.
Hoje trago algumas sugestões de atividades de leitura para Educação Infantil. Baseadas no semanário que postei na última terça-feira, assim se você quer seguir o semanário já pode aproveitar as ideias de atividades de leitura.
Vamos trabalhar com três gêneros diferentes:  o primeiro um conto aborígene, o segundo uma poesia e o terceiro a leitura de um livro.
Vamos conferir:
Objetivo: Desenvolver a oralidade; estimular o gosto pela leitura; conhecer lendas e contos de outras culturas; trabalhar diversidades.
Público Alvo: Crianças de 3 a 6 anos
Duração: 50 minutos
Procedimento: Prepare o ambiente, coloque cartazes, separe alguns objetos que possam lembrar a história ou partes dela e tudo o que possa enriquecer sua contação de história.
  Faça uma roda de conversa com os alunos, de preferência no horário habitual da leitura. Fale um pouco sobre  os aborígenes australianos, depois comece contar a história.
A menina que virou canguru
Era uma vez,  uma menina que morava numa aldeia lá na Austrália. Nesta aldeia todos os serviços domésticos eram divididos e todos tinham que fazer a sua parte. Mas a garota ficava triste porque não gostava de fazer as atividades de  casa.
 Um dia ela teve a ideia de fugir, pensou a menina: "se eu fugir, ficarei livre, não terei mais que fazer as atividades doméstica, vou poder brincar e correr pela floresta o dia inteiro." Então a menina fugiu, se escondeu na floresta e acendeu uma fogueira para se aquecer. Seu pai ficou enfurecido e saiu a procura da filha. Depois de muito procurar viu uma fumaça na floresta e logo desconfiou que poderia ser a menina.
Quando o pai encontrou a filha ela saiu correndo o máximo que pode, o pai ia correndo atrás, quando ele já estava quase alcançando a menina  ela subiu em uma árvore mágica. Disse rapidamente umas palavras mágicas que sua avó havia lhe ensinado. A árvore se desprendeu do chão e começou a subir, flutuando no ar até chegar próximo das nuvens. Quando estava muito alto e o pais já havia desistido de levar a menina de volta para a aldeia ela quis descer.
Só que tinha um grande problema. Ela não sabia as palavras mágicas para fazer a árvore descer. Foi então que ela teve mais uma ideia, resolveu pular no galho em que estava, assim a árvore desceria.
Começou a pular, pular... e a árvore foi descendo, aos poucos chegando perto do chão, mas conforme a menina ia pulando e a árvore ia descendo as pernas da garota iam se misturando com a árvore e quando chegou no chão a menina havia se transformado em um canguru. Então pode viver livremente na floresta.
conto australiano



images


Depois você pode propor que as crianças desenhem, ou pintem algo relacionado a história, pode realizar outros trabalhos de arte, como pinturas aborígenes ou desenho na areia.

images (1)


Livro: As flores da Primavera
A leitura de um livro é indispensável para os momentos de leitura, podemos diversificar este momento, contando histórias oralmente, utilizando fantoches e outros recursos, mas temos que reservar alguns dias para fazer a leitura de livros.
download

Eu espero que gostem e tenham ótimas leituras. Até mais

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Semanário para Educação Infantil



Seman-25C3-25A1rio-2BEduca-25C3-25A7-25C3-25A3o-2BInfantil1


Olá.
Mais uma semana cheia de trabalho, logo mais um semanário como sugestão para quem precisa entregar este documento toda semana. Aliás, eu sempre estou postando sugestões de semanários aqui no blog, se você está pesquisando dá uma olhada nas outras sugestões.

ATIVIDADES
2ª FEIRA
3ª FEIRA
4ª FEIRA
5ª FEIRA6ªFEIRA
MOMENTOS DE LEITURA

Chapeuzinho Vermelho
Conto Aborígena
PoesiaLivro: As flores da primaveraHistória a escolha das crianças
MATEMÁTICA


Representação númericaNoção de quantidadeRetomar noção de quantidade
MUSICA


Apresentação de MPBRetomar MPBApresentação de instrumentos musicaisRetomar instrumentos musicaisHistória da música
MOVIMENTO


Brincadeira livreBrincadeira "arranca rabo"Corrida com jornalBrincadeiras com bambolesBrincadeiras livres
ARTES


Desenho livre sobre primaverainiciar painel de primaverapainel de primaveratérmino de painel de primaveraApreciação dos trabalhos da semana
NATUREZA E SOCIEDAD

Estações do anoEstações do anoRetomar cuidados com o corpoCombinados
LINGUAGEM ORAL

Roda de conversa sobre o que teremos na semanaconfecção de crachá em formato de florRetomar nome própriobrincadeira "jardim dos nomes"lista do que foi realizado na semana
Eu espero que vocês gostem e que seja útil
Um grande abraço e até mais.

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Brincadeira para desenvolver a atenção

Olá.

Hoje trago como sugestão de atividade que desenvolve a atenção dos alunos.

Pode ser realizada tanto com a Educação Infantil como para o Ensino fundamental, para isso basta aumentar ou diminuir o grau de dificuldade da brincadeira.



É muito importante que seja inserido nas atividades semanais alguma brincadeira para desenvolver a atenção dos alunos.

A brincadeira já é conhecida de muitos, mas vale a pena lembrar. Vamos conferir:

Alerta


Objetivo: Desenvolver a atenção

Material: Bola

Procedimento:

 A turma deverá se espalhar pela quadra, ou espaço disponível. Um dos participantes, de posse da bola, incia a brincadeira correndo pela quadra. Depois disso, ele deverá arremessá-la para o alto, anunciando o nome de um companheiro que deverá apanhá-la e arremessá-la contra um dos participantes. Se o participante não conseguir pegar a bola, terá que esperar algumas vezes sem jogar.

Variações:  Os participantes podem apenas jogar a bola e dizer o nome do colega, o qual deverá correr para apanhar a bola antes que a mesma caia no chão e depois arremessá-la para que outro colega pegue, até todos participarem. (essa variação é bom para crianças pequenas, assim evita o risco de se machucarem ao arremessar a bola um no outro)

Ao invés de anunciar o nome de um participante pode ser dito um desafio matemático, para que a criança que pegar a bola responda, uma multiplicação ou divisão, por exemplo. ( essa maneira de brincar já se aplica aos maiores do ensino fundamental é uma ótima maneira de memorizar a tabuada.)



quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Brincadeiras para Educação Infantil

Olá.

Sabe aqueles dias em que nós não sabemos que atividade vamos preparar para nossos alunos da Educação Infantil? Que tal acrescentar no seu planejamento algumas brincadeiras? 

As brincadeiras são fundamentais no processo de ensino e aprendizagem, na Educação Infantil não pode faltar. Diversos estudos nos mostram que a criança aprende mais por meio de brincadeiras, sem contar que torna a aula muito mais agradável e lúdica.

Foi pensando nisso que hoje eu trouxe duas  sugestões de brincadeiras para Educação Infantil, mas nada impede que sejam feitas com crianças maiores.

Então vamos lá...

imagem de crianças brincando de bolinha de sabão


Bolinhas de sabão

Esta sugestão é bem simples, mas vale ser lembrada porque as crianças adoram e se divertem muito.

Basta um pote com água e sabão e um canudo ou uma peneira para fazer as bolhas de sabão, então proponha que os pequenos persigam e estourem as bolhas de sabão, depois ensine-os a fazer e os deixem experimentar a sensação.

Este tipo de atividade desenvolve a atenção, a praxia global, ajuda na socialização do grupo, coordenação visomotora, equilíbrio e muito mais.


Apanhador de batatas

Distribua para a turma folhas de revista ou jornal e peça para que eles façam bolinhas, que serão as batatas, depois espalhe estas bolinhas pela sala ou ambiente onde será realizada a brincadeira, divida a turma em equipes e disponha um cesto para cada equipe, depois dê o comando para que as crianças apanhem as batatas e as coloque no cesto. A equipe que apanhar mais batata ganha a brincadeira.

Como é difícil trabalhar em equipe com crianças muito pequenas você pode tirar o cesto da brincadeira e realizar de forma individual, cada criança apanha a quantidade de batatas que conseguir.

Assim como a primeira sugestão esta trabalha diversos aspectos do desenvolvimento infantil, são brincadeiras divertidas, que não necessitam de muito material.

Espero que gostem e até mais.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Semanário para Ensino Fundamental I/setembro 2015





Olá.

Espero que feriado tenha sido ótimo para todos. A  dica de hoje é para quem trabalha com os maiores, sim, hoje eu trago como sugestão um semanário para o Ensino Fundamental, mas propriamente para uma turma de 5º ano, porém como sempre digo quando dou dicas para a Educação Infantil, você pode adaptar o semanário para a sua turma.

Mesmo que você trabalhe com um 4º ou 3º ano nada impede de fazer a adaptação do semanário e aplicá-lo a sua turma. O que vai mudar é apenas a profundidade com que os temas são tratados.

Tem mais sugestão de semanário para o Ensino Fundamental aqui

Vamos conferir.

Disciplina
Segunda
Terça
Quarta
Quinta
sexta
Momento de Leitura
Livro: “O pequeno príncipe”
Livro: “O pequeno príncipe”
 Livro: “O pequeno príncipe”
Livro: “O pequeno príncipe”
Livro: “O pequeno príncipe”
Português
Simulado da Prova Brasil
Interpretação e produção  de texto
Advérbio e locução adverbial
Ortografia: aonde/onde
Revisão dos conteúdos vistos durante a semana
Matemática
Simulado da Prova Brasil
Tipos de frações
Adição e subtração de frações
Multiplicação de um número natural por fração
Revisão dos conteúdos vistos durante a semana
Ciências
Luz e som como enxergamos

Luz e Som como ouvimos


Geografia

Leis trabalhistas

Aposentadoria

História
Ditadura militar no Brasil



Retomar ditadura militar no Brasil

Neste modelo iniciei a semana com um simulado para Prova Brasil com o objetivo de preparar os alunos para esta avaliação que será em novembro. Assim os alunos já estarão habituados com este tipo de prova.

Deixei a sexta-feira para retomar os conteúdos de matemática e português, pois considero muito importante revisar o que ensinamos para os alunos, assim estarão sempre relembrando e o conteúdo será melhor assimilado.

Por hoje é isso, espero que gostem e até mais.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Atividades com tangram para Educação Infantil



Olá.

Ontem eu postei um semanário para Educação Infantil onde sugeri atividades com tangram, então hoje resolvi compartilhar com vocês uma das formas como gosto de trabalhar com o tangram nesta faixa etária. Quem quiser conferir o semanário é só clicar aqui. 

Estas atividades foram realizadas com uma turma de maternal (3 a 4 anos), porém nada impede de ser aplicada a crianças com de 4 a 5 anos ou até mesmo ser realizada com o 1º ou 2º ano. Nas etapas do Ensino Fundamental sugiro que aumentem o grau de dificuldade.

Bom, primeiramente faça uma roda de conversa com a turma e conte a história do tangram:

Há muito tempo atrás, havia um mago Chinês chamado Ching Ling. Ele morava num castelo mágico muito bonito e possuía um bem muito precioso, um espelho mágico que chamava de Tangran.
O mago recomendou ao seu ajudante que não chegasse perto do espelho. Mas Tung, o ajudante, não aguentando a curiosidade, foi direto ao espelho assim que o mago saiu de viagem. Achando que o espelho estava sujo, Tung pegou uma toalha e foi limpá-lo. Nesse momento, o espelho caiu ao chão e partiu-se em sete pedaços. Tung ficou desesperado.
- E agora? - disse Tung - O que vou fazer? Estou perdido!
Tempos depois o mago voltou e ficou furioso ao ver o Tangran quebrado. Pegou os sete pedaços do espelho e entregou a Tung dizendo-lhe:
- Você está condenado a sair pelo mundo construindo tudo o que vir com esses pedaços! Construa figuras até conseguir montar um livro, senão eu o transformarei num sapo!
Logo no inicio da viagem, Tung viu uma baleia que nadava próxima ao seu barco. Ele fez várias tentativas e conseguiu construir uma baleia com o Tangran.
Entrou num bosque e encontrou um coelho.
Mais tarde chegou a um vilarejo, onde avistou uma casa. Na casa morava uma jovem delicada chamada Mig.
Tung apresentou-se e deu a Mig uma flor que havia construído com o Tangran.
Mig achou a flor muito interessante e quis saber sobre ela. Então Tung contou a Mig sua história, mostrando-lhe o Tangran. Mig prometeu ajudá-lo com o livro para que ele ficasse livre do feitiço do Mago.
Durante alguns dias os dois passearam, conversaram e construíram mais figuras para o livro. Eles fizeram um gato, uma vela, um pato, um peixe...
Achando que havia figuras suficientes em seu livro, Tung viajou de volta e entregou ao mago que o perdoou.
Livre da maldição, Tung voltou para encontrar Mig, pois os dois haviam se apaixonado. Mig ficou feliz ao vê-lo e depois de algum tempo os dois se casaram e construíram figuras com o tangran por muitos anos.

Na verdade há várias lendas sobre a origem do tangram, outra diz que foi um imperador chinês que deixou o espelho cair e quebrar, outra que um chinês quebrou um azulejo tem ainda uma versão em que um discípulo ganha o espelho de seu mestre antes de fazer uma viagem, para registrar o que iria ver, o espelho se quebra e o discípulo registra a viagem formando figuras com o tangram.
É só escolher a história que mais se adequar a sua turma, preparar o ambiente e contar.
Depois converse com eles, levante os conhecimentos prévios, mostre o tangram e deixe eles manusear livremente.
Em outro momento, distribua peças do tangram confeccionadas com papel cartão ou color set e uma folha de sulfite, para ser usada como base, peça para que as crianças criem uma figura, livremente, depois cole para fixar as peças no lugar e guardar o registro da criação.


Na próxima aula, ofereça o tangram para os alunos e junto com ele figuras para que eles tentem montar, claro que para os pequenos será um desafio muito difícil, então mostre as figuras mais fáceis, como a de casa por exemplo, auxilie as crianças durante a atividade para que eles não fiquem desmotivados. 
Na terceira aula sobre o tema, costumo deixar para sexta-feira, como sugeri no semanário, assim você pode retomar a história, falar sobre as atividades realizadas durante a semana e apreciá-las junto com as crianças. No final da aula mande para cada criança um tangram e uma folha com desafios para serem realizados juntos com os pais. Você pode se surpreender com o resultado. Muitos pais demonstram-se participativos e mandam trabalhos lindos. É uma excelente atividade para expor em mostras culturais.

Eu espero que gostem. Até mais.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Semanário para Educação Infantil I/ setembro 2015



Olá.

Como sei que as vezes ficamos sem inspiração para elaborar o semanário, que é uma ferramenta super importante e temos que elaborar e apresentar para nossa equipe gestora, considero interessante postar aqui periodicamente um modelo de semanário.

Sei que é difícil, devido a minha rotina, que é muito corrida, mas vou começar a postar pelo menos um semanário de Educação Infantil e um de Ensino Fundamental por semana.

Espero que seja útil para vocês, pode servir de inspiração e as atividades podem ser adaptadas para a sua turma.

SEMANÁRIO PARA MATERNAL (3 ANOS)

ATIVIDADES
2ª FEIRA
3ª FEIRA
4ª FEIRA
5ª FEIRA
6ªFEIRA
MOMENTOS DE LEITURA

História do tangram
História de Ravel
Retomar história de Ravel
História a escolha das crianças
Retomar história do tangram
MATEMÁTICA


Apresentação do tangram

Retomar tangram
Tangram
Enviar tangram para casa com desafio
MUSICA


Som e silêncio
Apreciação de música clássica (Bolero de Ravel)
Retomar apreciação de música clássica
Músicas diversas
Retomar som e silêncio
MOVIMENTO


Brincadeira de estátua
Andar na ponta dos pés
Retomar “andar na ponta dos pés”
Retomar brincadeira de estátua
Dança das cadeiras
ARTES


Criação livre com tangram
Pintura livre com pincel e guache
Pintura com guache e sal
Pintura mágica
Continuação da pintura mágica
NATUREZA E SOCIEDAD

Higiene do corpo

Retomar cuidados com o corpo
Combinados
O que podemos fazer na escola e em casa
LINGUAGEM ORAL

Roda de conversa sobre o que teremos na semana
Nome próprio
Retomar nome próprio
Brincadeira telefone sem fio
Roda de conversa com tema livre

Espero que gostem. Até mais.